Girl, Uplift your Soul!

Enquanto fores a vítima da tua vida, não serás o guerreiro dela.

Tu só podes controlar a maneira como TU reages aquilo que a vida te oferece.
Tu, e só tu, podes controlar a tua percepção relativamente à vida e às tuas circunstâncias.

Tudo o que for exterior a ti – A vida e os outros – Tu nunca vais poder controlar.

Para mudares a tua vida, deves estar num estado de espírito em que o teu objetivo é aprender e evoluir.

O teu estado de espírito e a tua mente devem estar em sintonia e devem querer entender onde é que TU estás a errar e a acertar.

Para mudares a tua vida, o teu mindset tem de ser “EU sou responsável pela minha vida, por aquilo que EU atraio para a minha vida, e EU crio a minha realidade através das minhas escolhas e da maneira como reajo aquilo que a vida me oferece, seja isso bom ou mau.”

Deves entender que tudo aquilo que acontece/aconteceu na tua vida não foi a ti que te aconteceu mas foi POR TI que aconteceu.

Quando em vez de perguntares – “porque é que isto me está a acontecer?”
Perguntares – “O que é que eu tenho para aprender com o que me está a acontecer?”

Aí sim, estarás pronto para avançar, para dares um, dois, dez passos em frente na tua vida e mudares a tua realidade!

Porquê?

Porque enquanto tu fores a vítima da tua vida não serás o guerreiro dela.

Porque enquanto achares que não merecias nada do que viveste, não vais tirar os frutos dessas mesmas lições.

Porque enquanto achares que o problema só está nos outros e não na tua percepção da realidade que observas à tua volta e no teu poder pessoal para decidir como responder a cada situação, evento e/ou pessoa, continuas a dar-lhes o poder de decidir a tua vida por ti fazendo de ti submisso aquilo que os outros/as circunstâncias te dizem ou fazem sentir.

Tu és e sempre serás o responsável pela tua vida, e só quando tu entenderes isso é que vais conseguir CRIAR a vida que tu queres ter e acima de tudo, que mereces, por direito, ter.

Sim…

Tu mereces ser feliz.

Sim, tu mereces viver em paz.

Sim, tu mereces sentir-te amado.

Sim, tu mereces ser respeitado.

Sim, tu mereces ser valorizado.

Sim, tu mereces ser acarinhado.

 

Sim, tu mereces conhecer o mundo.

Sim, tu mereces toda a abundância deste universo.

Sim, tu mereces viver sem preocupações.

Sim, tu mereces viver sem medos.

Sim, tu mereces fazer o que te alimenta a alma.

Sim, tu mereces sentir-te excitado pela vida, entusiasmado por um novo dia.

Sim, tu mereces sentir-te grato.

 

Sim, tu mereces sentir-te seguro.

Sim, tu mereces sentir-te feliz e em harmonia com a vida num todo.

Mas nada disso virá a ti se tu não acreditares com todo o teu coração que és merecedor.

Acreditas que realmente mereces tudo o que a vida tem de melhor para te dar?
Acreditas que mereces mesmo alguém que te valorize e que te ame sem pedir nada em troca? Alguém com quem possas partilhar tudo?
Acreditas que mereces ter uma vida tranquila e entusiasmante?

Ou acreditas que não és merecedor?

Para, mas para mesmo, neste momento, para todos os pensamentos.
Respira fundo. Respira mesmo fundo. Apenas respira.
Permite-te estar apenas presente em ti, no teu corpo.

Agora responde a estas questões para ti mesmo:

  • Eu acredito realmente que mereço ter tudo aquilo que mais desejo ter? 
  • Quando me imagino a ter um relacionamento, consigo realmente imaginar-me a viver um amor verdadeiro, tranquilo e apaixonante?
  • Quando imagino a minha vida profissional, consigo ver-me a fazer o que mais gosto e a ser bem pago pelo meu trabalho e a ser reconhecido pelo meu valor e desempenho?
  • Quando imagino a minha conta bancária no futuro, consigo ver-me a ter uma conta bem recheada que me permite viajar, viver confortavelmente e livre de preocupações?

Ou será que quando tentas visualizar o teu futuro, automaticamente a tua voz interior te diz coisas como:

  • Nunca vais encontrar uma pessoa que valha a pena
  • Não tens a mínima hipótese no que toca a trabalhares no que mais gostas
  • Habitua-te ao pouco dinheiro que tens e contenta-te com o conseguires colocar comida na mesa

Acreditares que és merecedor de uma boa vida, acreditares que mereces alcançar todos os teus sonhos e acima de tudo, acreditares que ÉS CAPAZ de os alcançar, é o primeiro passo para lá chegares.

Portanto, para, pensa bem no que realmente sentes.
Não é o que queres, não é o que pensas, mas SIM o que realmente sentes quando te imaginas a ter tudo aquilo que desejas.

Consegues visualizar-te a ter tudo o que queres e consegues visualizar o teu futuro como algo bom, excitante e cheio de harmonia?
Ou cada vez que tentas imaginar o teu futuro automaticamente ouves a voz de dentro a dizer “Não sonhes demasiado alto porque depois a queda é maior?”

Entende por favor…

A essência da tua personalidade são as tuas crenças.

A partir do momento em que tu acreditas que nunca vais conseguir; a partir do momento em que SENTES que não mereces mais e melhor…
Tu nunca, mas NUNCA vais provar o contrário a ti mesmo e irás com toda a certeza criar a realidade que acreditas ser possível.

Se tu perguntares a QUALQUER pessoa que tenha atingido os seus objetivos e sonhos, como é que ela o fez… Todos te irão contar uma história diferente mas SEMPRE com algo em comum, que é – “Eu acreditei em mim. Eu acreditei que era capaz. Na hora H, eu não duvidei, não pude duvidar, tinha que acreditar.”

A essência da tua personalidade são as tuas crenças.
Se tu acreditas que mereces melhor, em momento algum irás aceitar menos do que mereces.
Se tu acreditas que mereces melhor, em momento algum irás deixar de lutar para o atingires.
Se tu acreditas que és capaz, em momento ALGUM irás desistir quando encontrares obstáculos pelo caminho.

Reclama o teu Poder Pessoal: 

1 – Conhece-te – Sabe quem és na tua mais pura essência. Não é o que gostas, o que fazes ou os títulos que tens na tua vida. Conhece-te como pessoa, descobre o mundo de adjetivos que te tornam único(a), os bons e os maus.

2 – Entende-te – Entende o porquê de todas as tuas qualidades e defeitos.

3 – Perdoa-te/os – Perdoa-te a ti mesmo e aos outros pois não somos nada mais nada menos do que almas no Planeta Terra que nunca teve acesso a livro de instruções e cada um de nós tem todo um conto para contar.

4 – Entende que tu crias a tua realidade e que apesar de não poderes controlar o teu mundo exterior, tu podes SIM controlar o teu mundo interior e a maneira como respondes a tudo o que vem de fora para dentro.

5 – Sê feliz, idependentemente!!!!

“Felicidade é uma escolha, não um resultado. 
Nada te irá fazer feliz até que tu escolhas ser feliz. 
Ninguém te irá fazer feliz até que tu decidas ser feliz. 
A tua felicidade não virá a ti pois ela só pode vir DE ti.” 

– Ralph Marslon 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.