Growing Soul

Seja a diferença que quer ver no Mundo.

A coisa mais importante na nossa vida é aquilo a que damos menos atenção.
Vamos falar sobre o nosso Mundo, a nossa casa.

Sempre quis saber como é que o mundo espiritual vê o nosso mundo, e apesar de não estar surpreendida pelas cartas aqui presentes, devo confessar que esperava muito piores, o que me fez sentir uma luz de esperança dentro de mim. “Está mau, mas não está perdido.”

Nós humanos vivemos num estado de apatia e descontentamento constante, e tudo isso se deve ao facto de não termos a consciência da abundância em que vivemos. Estamos literalmente cegos para aquilo que nos rodeia, vivendo completamente absorvidos pelo mundo material esquecendo-nos da nossa verdadeira essência, da nossa alma.

Nós esquecemo-nos completamente da nossa verdadeira natureza, ou pelo menos, a maioria de nós humanos.
Defendemos Religião com sangue derramado e ódio pelo que não possui o mesmo padrão de crenças que nós.
Matamos seres vivos por luxo e ganância afastando-nos completamente das necessidades básicas de sobrevivência.
Retiramos o corpo de seres puros para os podermos vestir sendo este acto considerado um luxo.
Pagamos a Terra onde nascemos a alguém que a proclamou como sua quando na verdade todos temos os mesmos direitos.
Destruímos a nossa maior e essencial fonte de vida, o oxigénio providenciado pela Natureza.
Destruímos o maior presente que a vida nos deu, a nossa Mãe Terra, para que possamos atender à nossa ganância.
Escolhemos o nosso ego em vez da nossa verdadeira essência.

Quanto mais temos, mais queremos.
Mas nada disto é novidade para nós, no entanto, estamos tão cegos pelas regras da civilização que acabamos por nos contentarmos acreditando que nada podemos fazer para alterar estas condições em que vivemos.
Estamos a destruir a nossa casa, o nosso lar, sem vermos que o coração do mundo é o que faz com que os nossos próprios corações continuem a palpitar.

O Mundo precisa celebrar a vida, unir-se independentemente das suas diferenças. Precisa aprender a dançar na chuva e receber cada dia como uma bênção. O Mundo precisa de coragem para se erguer e dizer basta, não importa o quanto pequeninos somos, toda a voz é ouvida independentemente das nossas cores e feitios. O Mundo precisa de saber que consegue renascer mesmo nos ambientes mais secos e rochosos.

O Mundo precisa de descanso e o verdadeiro descanso vem com o podermos deitar a cabeça na nossa almofada com a nossa consciência tranquila e coração calmo sabendo que hoje tornámos o mundo num lugar melhor.
Precisamos reconhecer as nossas verdadeiras raízes e valorizarmos os mais pequenos detalhes.
Precisamos deixar para trás a nossa constante necessidade de controlar o que temos à nossa volta e lembrarmo-nos de que todo o pássaro confia no Universo para lhe providenciar as suas necessidades básicas de sobrevivência. E assim como qualquer pássaro, o Universo também tem a sua maneira mágica de nos providenciar aquilo que mais precisamos.

Precisamos passar tempo connosco mesmo viajando para dentro de nós, reparando no nosso coração a bater, os nossos pulmões a expandir com cada respiração.
Precisamos sentir a energia dentro de nós e essa energia só pode ser sentida se dedicarmos tempo suficiente para estarmos connosco mesmos, com o nosso corpo e o nosso ser.
Cuidar de nós mesmos e nutrirmos o nosso ser é a melhor maneira de cuidarmos do Universo, pois somos apenas um.

Cuide de si, alimente a sua alma fazendo aquilo que o apaixona e que o ajuda a acordar todos os dias com vontade de se levantar da cama e começar um novo dia.
Utilize o dom da sua criatividade, as suas ideias.
Persiga os seus sonhos, aquilo que o faz sentir o mundo inteiro dentro de si.
Permita-se utilizar os seus dons e habilidades para criar beleza neste mundo.

Não se permita viver limitado e infeliz para atender as necessidades de terceiros.
Não se permita apagar a sua chama para que outros possam brilhar no seu lugar.
Lembre-se que todos nós temos um propósito nesta vida, e esse propósito, seja ele qual for, é deixar a nossa marca neste mundo.

A melhor maneira de nos conectarmos com a nossa natureza é observando o nosso coração e ouvindo o que ele nos diz. É perguntar à sua alma, o que é que queres ser/fazer, o que é que precisas para te sentires completa e feliz?
Irá ter a sua resposta, e irá senti-la em todo o seu ser.
Feche os olhos e permita-se ir para dentro de si e permita-se saber o que realmente alimenta o seu ser.
Abra os olhos e decida!!! Decida que tem que seguir os seus sonhos, mesmo que eles lhe pareçam inalcançáveis.

Eu prometo-lhe, tudo o que nos nutre a nós, nutre também todo o Universo, e eu garanto-lhe que o Universo está do seu lado e irá providenciar-lhe tudo o que precisa para poder seguir o seu propósito.
Não desista de si, não desista da sua essência.

A única maneira de salvarmos este Mundo é se encontrarmos a nossa luz própria, deixarmos de acreditar que a felicidade vem de fora quando claramente vem de dentro, pois se a nossa alma se sentir completa e nutrida iremos sentir o mundo nas nossas mãos, e se todos encontrarmos a verdadeira felicidade dentro de nós e brilharmos com ela, o Mundo vai brilhar connosco.

Deixar uma resposta